quarta-feira, 16 de dezembro de 2009

Mais uma postagem XD


Oi! XD
Passou-se o festival! O tema foi dança das luzes.
A gente passa meses e meses ensaiando,e no palco apenas minutos...
Enfim,dancei 6 danças:
-Clássico
-Neoclássico
-Indiana
-Jazz
-Sapateado
E mais uma parte que é o Luar (neoclássico também) que dancei sozinha.
Foi ótimo.E fomos convidadas para dançar em diversos lugares também. ^^
Bjuuu e Feliz Natal ^.^

segunda-feira, 5 de outubro de 2009

Sem ideias.






Oiiii!Nossa,nem sei mais o que postar neste blog... T.T
Já dei muitas dicas...Tô sem ideia... XD
E como vão vocês?Bailando muito?
Bjus!!

E visitem o blog eutambmdanoballet.

quinta-feira, 10 de setembro de 2009

Mantendo os pés em en dehors na 5ª posição


Fazz tempo que não posto nada aqui ! Já nem sei mais o que falar aqui no blog ...

Se você tenta colocar seus pés na quinta posição,e derrepente o en dehors vai embora??

Faça esses exercícios:



·Deite de costas com a cabeça apoiada em um um travesseiro, mantendo os joelhos dobrados.

·Separe os pés devagar mantendo os joelhos juntos

·Quando sentir um leve alongamento na parte traseira de seus quadris pare o movimento e respire

·Inspire e expire por 4 vezes e então junte os pés e separe os joelho (posição de borboleta)


· Inspire e expire por 4 vezes e repita tudo mais 3 vezes pelo menos
Boa sorte e bons En dehors ^^

sexta-feira, 28 de agosto de 2009

Melhorar a sustentação do adágio




Os exercícios abaixo ajudarão a aumentar a altura de passos como developpé e degagé en l’air,pois trabalharão a sustentação



1. Faça um developpé de frente para a barra. Levante a perna, tirando-a da barra o máximo que conseguir, mesmo que seja uma altura que considere insignificante. Depois de uma contagem de 8, repouse a perna na barra novamente. Repita com a outra perna. Faça o exercício a la seconde.
2. Faça developpé en fondu, dessa forma, a perna estará mais alta. Estique a perna de base tentando manter a altura.
3. Suba para o elevé em meia-ponta ou ponta e faça developpé. Desça para pied plat tentando manter a altura da perna.
4. Faça um fondu enquanto eleva a outra perna em passé, segure o pé e estenda a perna à frente mantendo a perna de base dobrada. Leve a perna esticada ao lado e se encaixe, mantendo os quadris alinhados. Solte o pé e tente manter a perna na altura em que estava quando sustentada pela mão.
5. Faça developpé com caneleira de 1 kg. Sua perna estará mais baixa que o habitual, mas com o tempo, quando fizer o developpé sem a caneleira, sentirá mais facilidade em manter altura e, conseqüentemente, em aumentá-la.

quinta-feira, 27 de agosto de 2009

Aumentar o en dehors



Ai vão alguns exercícios para aumentar o en dehors:
1-
Deite-se de lado tentando manter a posição que você teria se estivesse em pé
Dobre seus joelhos até os pés ficarem alinhados com os quadris
Levante a perna de cima (ainda dobrada), tentando girar seu en dehors ao
máximo. Segure a posição por duas contagens de 8 e repita 4, 8 ou 16 vezes
2 -
Deite de lado e dobre as pernas pra trás num ângulo de 90 graus com as coxas.
Desenhe o número 8 com o joelho, para fora e para dentro. Repita 4, 8 ou 16 vezes
3-
Deitada de lado com as pernas dobradas, faça um developpé com o pé apontando para cima. Faça um enveloppé de modo que o pé fique na frente do joelho da outra perna
Repita o movimento, mas desça o pé um pouco atrás do joelho desta vez.
Sem tirar o pé dessa posição, desça o joelho e você sentirá a coxa se alongando.
4-
De barriga pra baixo, posicione as pernas como se estivesse fazendo um sous-sous (com a perna que você vai trabalha em cima)
Faça 4, 8 ou 16 círculos com essa perna, primeiro en dehors, depois en dedans
Exercício 5
Alongue a perna na segunda posição e faça círculos en dehors e en dedans
6-
Sente com a perna que você está trabalhando dobrando pra trás e a outra dobrada pra frente
Alongue os quadris, movendo-os para cima e para baixo
7-
Estique a perna de trás mantendo o en dehors
8-
Vire o corpo em direção à perna de trás e alongue a outra perna, sentando em segunda (tente deixar seu peso no meio)
9 -
Deixe a perna que você não está trabalhando para trás en dedans e a que você está trabalhando para frente en dehors
Faça 4, 8 ou 16 círculos en dehors e en dedans, tirando a perna ligeiramente do solo.

E Repita tudo com a outra perna.
Bjus e Obrigada ^^
Comentem ^^

Vídeo


Olhem esse vídeo,que mostra como é feita a sapatilha de ponta:






Bemm complicado né??Espero que tenham gostado ^^


Beijos e volte sempre!

domingo, 23 de agosto de 2009

Dicas preciosas!

Oi povooo?Toda bailarina tem que proteger beeem os pés antes de dançar,né?Pra evitar surpresas ao tirar a sapatilha do pé.Aqueless calos!

Então,abaixo há algumas dicas de como proteger os pés:

*Você tem que proteger beem o seus dedos.Então,compre o famoso esparadrapo(você pode também usar band-aid).Corte pequenas tiras e enrole ao redor de cada dedo.Não use muito pra não deixar seu dedo sem movimento.Aconselho colocar nas unhas também,pois elas ficam bastante doloridas,e podem até cair(O.O).

*Nada de encher seu pé com ponteiras de pano.Se é pra proteger tanto assim,compre logo uma ponteira de silicone ou gel.Elas valem por muitas de pano.São caras,mas te livram da dor.


Na compra da sapatilha:

*Não compre sapatilha nem maior nem menor.Ela deve estar de acordo com seu pé.Uma sapatilha boa,é aquela que lhe dá segurança nos passos.Você pode comprar da marca que mais lhe deixou segura.Ou se sua professora lhe recomendou alguma marca.

*Não use sapatilhas de alguém que abandonouo balé.Elas já estão no formato do pé de quem usou.

Unhas:

*Deixe-as sempre cortadas de maneira em que a unha não encrave na carne.

Abandonando a sapatilha:

*Quando você percebe que a palmilha da sapatilha está muito quebrada (mole) ou o cetim da plataforma está muito rasgado,é sinal de que você precisa de uma sapatilha nova,e urgente!Sapatilhas muito velhas e desgastadas podem provocar acidentes.

Beijos!!

Para fortalecer seus pés

Se seu tornozelo é fraquinho,faça estes exercícios abaixo.E eu posso garantir,resolve mesmo!

1. Suba em elevé com os dois pés, então faça um plié forçando o colo do pé para baixo. Estique as pernas e desça os calcanhares devagar. Você pode fazer esse exercício em primeira, segunda e quinta posições e em com os pés paralelos e sexta posição.


2. Faça elevés com um pé, mantendo o outro em coupé. Faça em média 16 elevés em cada pé.


3. Fique com a parte anterior (peito) dos pés em cima de um degrau ou qualquer superfície mais elevada, mantenha os calcanhares num aposição mais baixa em relação ao degrau e faça elevés. Trabalhe os dois pés de uma vez e só quando realmente se sentir confiante tente trabalhar um pé de cada vez. Lembre-se de se apoiar em algum lugar para evitar acidentes.


4. Sente-se com uma perna esticada, movimente o pé de flex para ponta passando devagar pela meia-ponta. Tente ao máximo fazer seus dedos tocarem o chão.


5. Sente-se com as duas pernas esticadas à frente (como se estivesse em primeira posição), faça o mesmo movimento do exercício anterior, mas com as duas pernas en dehors, tentando encostar os dedos mindinhos no chão.


Uma coisa que ajuda muito é fazer esses exercícios com caneleiras de 1Kg.

Quando esticar os pés,não dobre os dedos.

Faça os elevés devagar e desça devagar sem desabar o pé no chão, o exercício terão muito mais efeito e também ajudará no equilíbrio.


Você também pode manter os pés esticados por 30 segundos antes de voltar para o flex, isso aumentará a eficiência do exercício.


Faça os exercícios freqüentemente para que tenham efeito.

Você pode começar fazendo 8 vezes cada exercício e depois tentar fazer 16 e 32 vezes!

Bjusss,e até a próxima postagem ^^

Aumentar a altura do seu Arabesque



Que coisa perfeita!Siga os exercícios abaixo para melhorar a altura de seu arabesque.Não prescisa fazer todos.E NÃO EXAGERE,para não se machucar.


1. Suba a perna em arabesque e apóie na barra ou outro objeto que sirva de apoio. Tente levantar a perna da barra, deixe no ar por 1 contagem de 8 e volte a apoiá-la.Lembre-se de estar com o corpo bem colocado, principalmente os quadris. Repita 4 ou 8 vezes. Tenha cuidado para que o tronco não caia para frente e mantenha os braços em primeira posição ou demi-bras. Repita com a outra perna. À medida que for dominando a altura da perna procure apóia-la em lugares mais altos ou se treinar sempre no mesmo lugar, tente subi-las mais alto no ar.


2. Na barra, de lado, fique em quinta posição e faça um tendu derrière com a perna de fora. Faça um cambré procurando flexionar as costas ao máximo, mas tendo o cuidado de não apoiar o peso do corpo no pé de trás. Quando atingir o máximo de flexão, comece a subir a costas trazendo a perna em um arabesque. Procure manter o mesmo ângulo entre a perna e as costas de quando você estava no cambré. Continue levando o tronco para frente e puxando a perna para fazer um pencheé. Depois volte para arabesque. Quando se olhar no espelho, se certifique de que a coluna está alinhada com a parte anterior da coxa da perna de apoio e não com a posterior, pois se estiver alinhada com a parte posterior, haverá dificuldade em aumentar a altura do arabesque e estressará a costas. Repita com a outra perna.


3. Deite com a barriga para baixo e curve as costas para cima, empurrando o chão com as mãos (que devem estar posicionadas embaixo dos ombros). Procure alongar o máximo que puder tendo o cuidado de não exagerar e se machucar. Quando sentir que estão bem aquecidas, volte à posição original. Levante as costas novamente e tente levantar as pernas uma de cada vez mantendo o en dehors. Para compensar, quando terminar o movimento com a s 2 pernas, sente com os pés sob as nádegas e alongue as costas com os braços a frente da cabeça.


4. Deite de barriga em um banco ou uma mesa de modo que da cintura para cima seu corpo fique pendurado. Peça a um amigo para segurar seus pés e tente levantar o torso. Faça o exercício em séries de 3, porém no terceiro movimento tente manter a posição por alguns segundos. Se ficar inseguro em fazer esse exercício numa mesa ou banco, faça no chão e se não conseguir um amigo para ajudá-lo, tente levantar o torso sem levantar os pés. Para compensar, quando terminar o movimento com a s 2 pernas, sente com os pés sob as nádegas e alongue as costas com os braços a frente da cabeça. Se fizer o exercício anterior antes de fazer esse exercício, só é necessário compensar uma vez, depois do último exercício.
Beijoss ^^

Aumentar a altura da meia-ponta

Se sua meia-ponta é baixa,siga os exercícios.Espero que ajude como me ajudou!

Verifique quantos elevés você consegue fazer apenas com uma perna subindo totalmente na meia ponta (com os pés en dedans)

Fique de frente para uma parede ou barra (apenas como apoio), com os pés en dedans, ligeiramente separados.

Vagarosamente suba em elevé e totalmente na meia ponta e transfira o peso para uma das pernas, mantendo a altura da meia ponta.

Tire um dos pés do chão e fique em equilíbrio por alguns segundos. Então desça vagarosamente o pé da meia ponta e depois o outro pé.

Faça 10 vezes em cada lado.

Quando você conseguir manter a altura da meia-ponta dessa maneira, faça o exercício em primeira posição, procurando manter o en dehors, tanto quando subir na meia-ponta com os dois pés como quando transferir o peso para apenas um pé.

Depois de fazer isso por algumas semanas, verifique de novo quantos elevés consegue fazer com apenas um pé.

sábado, 22 de agosto de 2009

Dança,bailarina,dança.






Eu achei tão fofis esses poemas :


''Dança,bailarina,dança...

Põe nos teus passos toda a harmonia

E toda a poesia nas pontas de teus pés

Em gestos nobres,faze surgir a fé!!!

Gira,bailarina,gira...

Vai girando e semeando amor,

Mais depressa que as voltas do mundo,

Pra que haja tempo de matar a dor!

Baila,bailarina,baila...
Traze contigo a primavera
Pra florir os campos,
florescendo a Terra,
Numa explosão de cores que tua dança encerra.

Faze de tua arte uma suave prece
Capaz de enternecer os corações de pedra
Faze tua música soar tão alto
Calando assim os estopins da guerra!!!

Mostra ao Homem que o teu bailado
Expressa a vida nesse simples ato...
Onde o amor é tudo,onde o amor é nato.

Que em teus saltos ponhas tua garra
Seguindo sempre a luz de teu clarão,
Quebrando muros para unir os povos
Num universo único,onde se dêem as mãos.

Abre tua alma,
no esplendor da dança...
Não desistas nunca e verás,enfim,Bailar no campo,
doce e cálida esperança,
Em meio às flores de um lindo jardim...''



A Bailarina
''um, dois, três, quatro,
dobro a perna e dou um salto,
viro e me viro ao revés,
se eu cair, conto até dez.
Depois essa lengalenga
toda recomeça.
Puxa vida,
ora essa,viro na ponta dos pés.
Quando sou criança,
viro orgulho da família,
giro em meia ponta
sobre minha sapatilha.
Quando sou brinquedo
me dão corda sem parar,
se a corda não acaba
eu não paro de dançar.
Sem querer esnobar,
sei bem fazer um "grand écart",
e pra um bom salto acontecer,
me abaixo num "demi plié."
Sinto de repente
uma sensação de orgulho,
se ao contrário de um mergulho,
pulo no ar num "grand jeté".
Quando estou num palco,
entre luzes a brilhar,
eu me sinto um pássaro
a voar, voar, voar.
Toda bailarina
pela vida vai levar
sua doce sina
de dançar, dançar, dançar.''
(Bailarina de Toquinho e Mutinho)
Pontas
...Por fora , a leveza do
movimento , a suavidade do
passo ,a tranqüilidade do sorriso...
...Por dentro,
o peso da cobrança,
a persistência,o nervosismo,
a dor...
As luzes se apagam ,
o encanto e a magia se acabam,como em um passe de mágica ...
A última gota do suor é seca, o coque e a maquiagem desfeitos,
ela não é mais intocável ..
Mas ainda é bailarina,
seu corpo de menina é cruelmente castigado,
dedos e unhas estilhaçados,em um corpo apático e entorpecido...
Vai bailarina, descansa, pois o mundo precisa da magia da tua dança...
Beijos!!E boas danças ^^

Glossário de balé




A


ADÁGIO: Derivado do italiano –lentamente
Significa:
qualquer dança ou combinação de passos feitos para música lenta; série de exercícios efetuados durante a aula com o fito de desenvolver a graça, o equilíbrio e o senso de harmonia e beleza das linhas.

AIR, EN I': No ar. Termo adicional para especificar que o movimento a ser efetuado pela perna é no ar, isto é , fora do chão.

Á LA SECONDE: Para a segunda posição.

ALLONGÉ : Alongado. Usado para indicar a posição em que o corpo, no movimento que executa, alonga sua linha ao máximo em relação ao chão.

ANGE SAUT D’: Salto de anjo.

ARABESQUE : Arabesco. Palavra originária do árabe significando ornamento.

ARRIÈRE (EN) : Para trás. Termo indicado para movimento feito para trás.
ASSEMBLÉ : Unido. Dá-se um salto para cima; ao cair, cai-se com as duas pernas ao mesmo tempo em 5ª posição no demi plié.

Á TERRE : No chão.

ATTITUDE :Atitude. Indica a posição na qual o corpo é sustentado por uma perna, enquanto a outra está levantada atrás ou na frente, com o joelho dobrado.

AVANT EN : Para frente. Termo indicativo do movimento feito para frente.

B

BALANCÉ OU PAS DE VALSE: Balanceado. É um passo que oscila de um lado para outro.

BALLET: Balé. Derivado do italiano ballare (bailar).

BALLON : Balão, bola. Significa a habilidade do bailarino se manter no ar durante o salto, assim como sua elasticidade, sendo esta comparada ao movimento de uma bola ao tocar ao chão e voltar ao ar.

BRÁS BAS : Braços embaixo. É uma posição dos braços com a qual todas as outras posições se iniciam. É uma posição de descanso para os braços entre os exercícios.

BASQUE, PAS DE : Passo de basco.

BATTEMENT : Literalmente traduzido significa um movimento de batida.

BATTEMENT FRAPPÉ : Frappé significa bater, golpear a almofada da planta do pé toca a superfície do chão quando a perna se estende para a posição aberta.

BATTEMENT GLISSÉ : Glissé significa deslizar. O pé desliza com energia suficiente para erguer a ponta do pé um pouco acima do chão.

BATTERIE :Bateria.Termo dos movimentos em que as pernas batem no ar.

BOURRÉE, PAS DE : Bourrée é o nome de uma dança folclórica das províncias de Auvergne e Berri. Sua conexão com os pas de bourrée do balé clássico é obscura, tendo sido introduzido, com certa estilização, por alguns coreógrafos contemporâneos. É um passo de locomoção em geral com três movimentos de pernas.

BRISÉ : Quebrado. Passo de pequena bateria. É essencialmente um pequena assemblée batido.

C

CABRIOLE : Derivado do italiano capriola. Cabra.

CAMBRÉ : Arqueado. É a dobra do corpo, da cintura para cima, em qualquer direção.

CHANGEMENTES : Saltos em que se trocam os pés. Significa mudança ou troca.

CHAINÉ – (deboulés): Encadeado. Uma séries de voltas rápidas, de um pé para o outro, na primeira posição na ponta ou na meia ponta.

CHANGÉ : Trocado ou sem trocar. Termo para ser adicionado a qualquer passo que possa ser feito destas formas, ou seja, trocando de pernas ou não, durante sua execução. Um echappé, por exemplo, pode ser changé.

CHASSÉ : Caçado.

CHAT, PAS DE : Passo de gato. O pas de chat da escola italiana é feito com as duas pernas dobradas no ar ao mesmo tempo.

CHEVAL, PAS DE : Passo de cavalo. Salto parecido com o jeté, porem a perna da frente sai dobrada como se fosse um cavalo ciscando o chão com uma pata.

CISEAUX, PAS DE : Passo de tesoura.

COTÉ, DE : Ao lado. Não é um passo; este termo, quando adicionado a qualquer passo ou exercício, significa que deve ser executado ao lado.

COU DE PIED – SUR LE : Peito do pé. Sobre o peito do pé. Quando um dos pés se encontra sobre o tornozelo da outra perna.

COUPÉ : Cortado. Um passo de ligação usado para transferir o peso do corpo de uma perna para a outra; basicamente consiste apenas em colocar um pé no chão, enquanto se eleva o outro.

CROISÉ : Cruzado. Uma das oitos direções do corpo do bailarino em relação ao palco e ao espaço circundante.

D

DEBOULÉS : Rolar. Pequenos tours, em geral feitos em séries, em que o bailarino executa pequenas voltas, transferindo o peso do corpo de uma perna para a outra. O mesmo que Chainés.
DEDANS, EN : Para dentro. Indica que: o movimento da perna é feito numa direção circular de trás para frente. Uma pirueta é executada girando para o lado da perna de sustentação.

DEGAGÉ : Afastado. Posição em que o bailarino se encontra sobre uma perna, com a outra afastada, ponta esticada, em frente, ao lado ou atrás. É o termo que se aplica ao movimento da perna e do pé quando se deslocam de uma posição fechada para uma posição aberta.

DEHORS, EN : Para fora. Indica que o movimento da perna é feito em direção circular da frente para trás. Uma pirueta é executada girando-se para o lado da perna que levanta do chão.

DEMI-BRÁS : Meio braço. Posição dos braços entre a 1ª. e a 2ª. posições, com as palmas da mãos ligeiramente voltadas para cima

DEMI : Meio, metade. Qualquer posição ou passo efetuado de maneira pequena ou pela metade.

DERRIÈRE : Atrás. Qualquer passo, exercício ou posição executados atrás, isto é, com a perna fazendo o movimento atrás da outra ou então fechando atrás.

DESSOUS : Embaixo. Qualquer passo executado com a perna de ação passando atrás da outra.

DESSUS : Em cima. Qualquer passo que quando executado, a perna que comanda a ação passa na frente da outra.

DETOURNÉ : Desviado. O detourné é uma volta do corpo, inteira ou apenas meia, para o lado da perna de trás, em 5ª posição, na ponta ou meia ponta.

DEUX, PAS DE :Passo de dois (ou passo a dois).Uma dança para duas pessoas.

DEVANT : Em frente. Termo relacionado a qualquer passo ou exercício que é executado em frente, isto é, com a perna fazendo o movimento em frente da outra, ou então fechando na frente.
DEVELOPPÉ : Desenvolvido. O bailarino inicia o movimento sur le cou de pied, subindo lentamente pela perna de sustentação até chegar ao retiré, estendendo a perna na frente, lado ou atrás.

DIVERTISSEMENT : Divertimento. Originalmente, o echappé sauté pode ser battu, quando é executado com uma batida das pernas, tanto antes de abrir para a 2ª, quanto na volta, ao fechar a 5ª posiçaõ.

E

ECARTÉ : Separado ou afastado. Uma perna é esticada para a 2ª. posição com o corpo ligeiramente desviado da posição frontal ao público e a cabeça voltada por sobre o ombro.

ECHAPPÉ : Escapado. Um pulo de 5ª posição, abrindo as pernas no ar para a 2ª ou 4ª posição, caindo em demi plié, e em seguida pulando de novo para fechar, de volta a posição inicial. Pode ser feito também sobre as pontas, sem o pulo, fazendo-se apenas um relevé para atingir a posição aberta.

EFFACÉ : Apagado.

ELANCÉ : Lançado, arremessado. Termo adicionado a movimentos executados desta forma.

ELEVÉ ou ELEVER : Subido. Subir na meia ponta ou ponta.

EMBOITÉ : Encaixado, interligado. É um passo de 5ª posição, na ponta ou meia ponta, em que os pés, abrindo ligeiramente ao lado, vêm fechando em frente (ou atrás), como um caminhar para frente ou para atrás, em 5ª posição.

EN AVANT : Para frente. Temo adicionado aos passos e exercícios executados com deslocamento do corpo para frente.

EN ARRIÈRE : Para atrás. Termo adicionado aos passos e exercícios executados com deslocamento do corpo para trás.

EN FACE : De frente. Uma das posições do corpo, quando o bailarino está bem de frente para o público.

ENTRECHAT : Entrelaçar. Um salto no ar em que o bailarino no, ar, cruza as pernas uma, duas ou três vezes.

ÉPAULEMENT : De ombro, com ombro. Uma posição em que um ombro está mais avançado do que o outro.

F

FAILLI : Falhado. Passo em que a bailarina, saindo da 5ª posição atrás, dá um salto, abrindo ligeiramente a perna de trás, e caindo sobre a da frente, passa a de trás, pela 1ª posição, para a frente, terminando numa 4ª posição allongée.

FERMÉ : Fechado.

FLECHE, TEMPS DE : Tempo de flexa. Levanta-se uma perna em 4ª posição em frente, pula-se com a outra, caindo sobre a perna que estava no ar, a outra levantando em frente em 4ª posição, devant, abrindo em developpé, terminando em 5ª do posição no demi plié.

FLIC-FLAC : Um passo em que a perna abre em 2ª posição em degagé e fecha, num movimento seco e raspando o chão com a sola dos dedos, primeiro em frente ao cou de pied da perna de sustentação, voltando a subir degagé à 2ª posição e depois repete o mesmo movimento de "raspar" no cou de pied atrás, tornando a abrir degagé na 2ª posição (flic-flac en dedans) ou, ao contrário, primeiro atrás e depois na frente (flic-flac en dehors).

FONDU : Fundido, desmanchado ou derretido. É o demi plié em uma perna só.

FOUETTÉ : Chicote.

G

GLISSADE : Escorregadela. É um passo deslizante que se mantém rente ao chão, executado em qualquer direção ( em geral um passo de ligação). Glissade Derrière. Começando com o pé direito em frente, o bailarino faz um demi plié em 5ª posição e escorrega o pé esquerdo em degagé ao lado; o peso do corpo é então transferido para cima da perna esquerda ( em demi plié) e a perna direita agora em degagé ao lado, fecha 5ª posição em frente, ainda no demi plié.
Este é um glissade derrière, assim chamado por que a perna que inicia o movimento está atrás e termina atrás.

GLISSADE DESSOUS : É o glissade em que a perna que inicia o movimento, saindo da frente para o degagé ao lado, termina atrás.

GLISSADE DESSUS : É aquele em que a perna que inicia o movimento sai de trás em degagé ao lado e termina na frente.

GLISSADE EN AVANT : É o glissade executado com o degagé em frente e deslocamento do corpo para frente.

GLISSADE EN ARRIÈRE : É executado com o degagé atrás de deslocamento do corpo para trás.

GLISSÉ : Escorregado. Termo adicional para o battement, quando é feito com a ponta do pé ligeiramente fora do chão; também usado
para qualquer passo em que seja importante "escorregar" o pé pelo chão ao executar o movimento.

GRAN JETÉ : Jeter significa lançar. Grande salto. É um grande salto, para diante, de uma perna para a outra.

GRAN JETÉ DERRIÈRE : É igual porém com o attitude derrière. Tanto um como o outro podem ser executados sobre o mesmo ponto ( no lugar) ou com deslocamento do corpo para frente ou para trás. (RAD).

GRAN JETÉ EN AVANT : Consiste de um gran battement devant sauté, caindo sobre a perna que fez o gran battement, enquanto a outra termina em l’air, em attitude ou arabesque. Tem que haver o máximo deslocamento do corpo para frente(por isso chamado avant), enquanto as duas pernas abrem em sua extensão máxima no ar durante o salto.

GRAN JETÉ EN TOURNANT(ou ENTRELACÉ) : Preparação em degagé ouverte derrière ligeiramente a perna esquerda enquanto a direita faz demi plié e dar um passo para trás em diagonal, passando o peso do corpo para cima da perna esquerda; co a perna direita fazendo um gran battement devant, virando o corpo de frente para a diagonal, a esquerda em demi plié; dar um salto para cima, completando a volta com o corpo, enquanto joga a perna esquerda em battement derrière; cair sobre a direita em demi plié, deixando a esquerda em arabesque.

J

JETÉS : Jogados. É um pequeno salto alternado numa perna en outra, sendo que a perna que está fora do chão fica em posição de cou de pied.

L

L’AIR : No ar. Movimentos feitos no ar.

M

MANÉGE : Picadeiro, indica a forma em que o bailarino executa os tours, quando estes são feitos ao redor do palco, como se circundasse um picadeiro imaginário.

MARCHÉ, PAS : Passo marcado ou andado. Um passo comum, feito com o pé esticado, colocando-se primeiro no chão a meia ponta e em seguida o calcanhar.

P

PAS : Passo. Um único movimento de perna, quando no ato de andar ou dançar.

PAS DE BASQUE : Passo de basco. Veja em Basque, pas de.

PAS DE BOURRÈE : Veja em BOURRÈE, PAS DE.

PAS DE CHAT : Passo de galo. Veja em CHAT, PAS DE.

PAS DE CHEVAL : Passo de cavalo. Veja em CHEVAL, PAS DE.

PAS DE DEUX : Ver DEUX, PAS DE.

PASSÉ : Passado. Termo relacionado a certos passos, quando estes são feitos "passando" de trás para frente ou vice –versa.

PIROUETTE : Pirueta.

PLIÉ : Dobrado. Flexão dos joelhos.

POR DE BRAS : Movimento de braços.

PROMENADE : Passeio, uma volta lenta dada sobre um pé (toda a planta no chão ou na ponta, neste último caso com a ajuda de um bailarino)

R

RELEVÉ : Elevado. Subida do corpo para a meia ponta ou ponta de uma ou das duas pernas. O relevé difere da simples subida por ser antecedido de um demi plié e Ter de ser executado com um ligeiro impulso para cima, havendo também deslocamento da sola dos dedos para onde se encontrava o arco do pé.

RETIRÉ : Retirado ou retraído.

REVERENCE : Reverência.

RONDS DE JAMBE : Roda da perna. Movimento circular da perna.
É executado em um movimento rotativo a partir da bacia, porém sem o deslocamento desta, a perna deve estar livre de peso.

S

SAUTÉ : Saltado. Termo adicional usado para alguns passos que podem ser feitos também pulados.

SECONDE, À LA : Para a 2ªposição.

SISSONE : Passo em que as duas pernas saem do chão ao mesmo tempo, caindo sobre uma só, fechando a outra depois.

SOUTENU : Sustentado.

T

TEMPS DE FLÈCHE: Tempo de flecha. Veja FLECHÈ, TEMPS DE.

TENDU : Tenso ou esticado.

TERRE, A : No chão. Passos executados no chão.

TOMBÉ : Caído. Quando uma perna se encontra em extensão (na frente ao lado ou atrás) e a bailarina transfere o corpo para cima desta, como uma caída, no demi plié. A perna que estava em extensão deve tocar o chão na extensão máxima que possa ser alcançada, isto é, longe, como se estivesse transpondo um obstáculo.

TOUR : Volta. O mesmo que pirueta. Em geral as grandes piruetas são mais comumente chamadas tours. Exemplo, pirueta en attitude ou tour en attitude.
Também as que são feitas em séries, como o tour piqué.

TOUR EN L'AIR : Giro no ar. Salto em que há um ou mais giros no ar antes da descida. Em geral passo para o bailarino homem.